1


Não sou admirador de filmes de zumbi. Prefiro até a comédia Zumbilândia do que os clássicos deste sub gênero, que tem fãs mais do que fervorosos. Mas esta refilmagem de O Exército do Extermínio (1973), de George A. Romero, é acima da média. Apesar de manter os clichês das obras deste tipo, com trilha sonora anunciando sustos, personagens estereotipados, um mocinho corajoso e final previsível, A Epidemia é um excelente thriller. A parte técnica da produção é caprichada e redondinha. Planos de câmera bem escolhidos, ótimas jogadas de fotografia, direção segura e atuações convincentes captam a atenção do espectador. Só que não há nenhuma novidade no ar. É apenas mais do mesmo.  

Uma cidade do interior dos EUA mantém sua rotina pacata, até algumas pessoas passarem a agir de forma estranha e violenta. O xerife David Dutten (Timothy Olyphant) percebe que há algo de errado e tenta descobrir a causa dos inusitados eventos, com a ajuda de Russell (Joe Anderson). A situação foge de seu controle quando os moradores são colocados à força em quarentena pelo exército. Ou seja, os sobreviventes terão que escapar não só de zumbis, mas também dos militares, caso queiram continuar vivos. As metáforas sociais atribuídas a Romero não são tão evidentes neste remake, que não parece ter outras pretensões além de distrair o público e o tirar de sua realidade, com entretenimento garantido. Estreia: 20 de agosto.

A Epidemia (The Crazies) - 101 min
EUA, Emirados Árabes - 2010
Direção: Breck Eisner
Roteiro: Scott Kosar, Ray Wright - Baseado no roteiro original de George A. Romero
Com: Timothy Olyphant, Joe Anderson, Radha Mitchell



Por: Mattheus Rocha

Postar um comentário

  1. Parece ser muito legal...a principio pensei que seria mais um filme de meio zumbis como varios outros que já existem, mas este parece que prende a atençao,e tem uma estoria meio "diferente", pelo menos pelo trailler me pareceu ser bacana.

    ResponderExcluir

 
Top