2


Lembrado em 11 categorias (embora, curiosamente, não tenha sido indicado a melhor filme), Tempos de Paz lidera as indicações ao Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, festa anual em homenagem à produção nacional da sétima arte, tão importante para nosso país, como o Oscar para os EUA, Cannes para a França, ou Berlim para a Alemanha. O evento será realizado no dia 08 de junho, às 21 horas, no Teatro João Caetano (Rio de Janeiro). São 27 categorias ao todo, além de dois prêmios especiais, que este ano serão concedidos a Anselmo Duarte (falecido recentemente), diretor do importante O Pagador de Promessas (1962), único filme brasileiro a ganhar a Palma de Ouro no Festival de Cannes, e à Alice Gonzaga, diretora da Cinedia (criada em 1930, por seu pai, Ademar Gonzaga). 

Os cinéfilos poderão ter participação ativa nas escolhas dos vencedores das categorias Melhor Longa Metragem de Ficção Nacional  e Melhor Longa Metragem de Ficção Estrangeiro, pelo voto popular. Basta entrar no Site da Academia Brasileira de Cinema e escolher seus favoritos. Foram selecionados para concorrer ao Troféu Grande Otelo apenas filmes lançados comercialmente no ano de 2009. A nata do cinema nacional estará na festa (são cerca de 1200 convidados), que terá transmissão ao vivo do Canal Brasil

Principais Indicados

Melhor Longa Metragem de Ficção Nacional
À Deriva 
Divã 
É Proibido Fumar 
A Mulher Invisível
Se Eu Fosse Você 2

Melhor Direção
Anna Muylaert (É Proibido Fumar)
Claudio Torres (A Mulher Invisível)
Daniel Filho (Se Eu Fosse Você 2)
Daniel Filho (Tempos de Paz)
Heitor Dhalia (À Deriva)

Melhor Atriz
Andréa Beltrão (Verônica)
Débora Bloch (À Deriva)
Glória Pires (É Proibido Fumar)
Glória Pires (Se Eu Fosse Você 2)
Lília Cabral (Divã)

Melhor Ator
Dan Stulbach (Tempos de Paz)
Daniel de Oliveira (A Festa da Menina Morta)
Selton Mello (Jean Charles)
Selton Mello (A Mulher Invisível)
Tony Ramos (Se Eu Fosse Você 2)
Tony Ramos (Tempos de Paz)

Melhor Atriz Coadjuvante
Denise Weinberg (Salve Geral)
Dira Paes (A Festa da Menina Morta)
Drica Moraes (Os Normais - A Noite Mais Maluca de Todas)
Fernanda Torres (A Mulher Invisível)
Leandra Leal (Se Nada Mais Der Certo)

Melhor Ator Coadjuvante
Ary Fontoura (Se Eu Fosse Você 2)
Cassio Gabus Mendes (Se Eu Fosse Você 2)
Gero Camilo (Hotel Atlântico)
Vladimir Brichta (A Mulher Invisível)

Melhor Roteiro Original
A Mulher Invisível
Se Eu Fosse Você 2
É Proibido Fumar 
A Festa da Menina Morta
O Contador de Histórias

Melhor Roteiro Adaptado
Bela Noite Para Voar
Tempos de Paz
Divã
Budapeste
Hotel Atlântico

Melhor Longa Metragem de Ficção Estrangeiro 
Milk - A Voz da Igualdade

Por: Mattheus Rocha

Postar um comentário

  1. eu vi o divã e salve geral. curti mais o primeiro, muito bom mesmo. o salve geral até que achei bom, mas fiquei com aquela sensação de já ter visto em algum outro lugar.

    abraço

    ResponderExcluir
  2. Daniel, você deve ter visto nos noticiários. Esse foi um dos argumentos recorrentes de quem não curtiu o filme. Eu gostei bastante. Quanto à Divã, realmente é muito divertido.

    Abraços.

    ResponderExcluir

 
Top