0
A Brazucah Produções está promovendo a pré-estreia do filme nacional O Contador de Histórias, de Luiz Villaça (que tem lançamento previsto para 7 de agosto).
Fui convidado para a sessão do Rio de Janeiro e resolvi unir o útil ao agradável (além de ser um amante do cinema, a sessão foi grátis). Fui surpreendido pela belíssima história real do mineiro Roberto Carlos, hoje considerado um dos maiores contadores de histórias do mundo.
Roberto foi retirado de uma infância pobre e violenta por uma pedagoga francesa (Margherit, interpretada por Maria de Medeiros), que estava realizando uma pesquisa no Brasil e o conheceu na FEBEM. O filme mostra o conflito desta relação e como um encontro pode mudar completamente duas vidas.

O longa até faz algumas belas e divertidas referências a Forrest Gump, o Contador de Histórias. Sem dúvida, O Contador de Histórias é um dos melhores filmes brasileiros que já vi. Uma obra de arte sincera e muito bem realizada.

Conversei com o diretor, ao final da exibição de seu filme, e ele me disse que O Contador de Histórias será lançado em cerca de 80 salas (Se Eu Fosse Você 2 estreou em 330). Como Roberto Carlos fala, "Puta que la merdaaaa"... O cinema nacional é muito mais do que as produções da Globo Filmes, caros leitores.


Por: Mattheus Rocha

Postar um comentário

 
Top